A New Chapter Begins…

February 19, 2017 § 5 Comments

Oiiii galera!

Okay, time for a post in English. I know these are becoming more rare these days. The life of Eric is taking turns that I can never anticipate. Whew.

  1. I quit my job. My last day of work is the 24th of February. My lease is up on the first of April. My flight is April 12th. So between the 24th of February and April 12th I have some free time, right? Time to pack, move, and maybe relax?

    Nah, that would be too easy for Eric. Because I’m a nut and my partner is also a nut, there is no one to stop us and say “dude, slow the fuck down”. So we’re going to spend the first two weeks of March selling our shit and packing whatever we want to keep so that I can leave it at my Dad’s house in Ohio.

    Speaking of Ohio, we will be leaving North Carolina on the 14th of March so that I can go home for the first time in four years and see my family before I leave the country. Also we’re going to drop everything we’re keeping but won’t need for Brazil at my Dad’s house. We will probably go to the St Patrick’s day parade in Cleveland, spend time with family, and go to restaurants from my childhood and college years.

  2. From Ohio, another road trip. After we spend a few days with family and reassure my mom that her son will actually come home every few years (oh, and introduce my girlfriend to the family…should be INTERESTING). So we’re roadtripping the Northeastern United States. That includes Ohio, Pennsylvania, New York, Vermont, Maine, Rhode Island, and New Hampshire. We’re going to spend a few days hiking the Adirondacks in upstate New York and another few days in Acadia National Park hiking and sight seeing.
  3. Somehow, after all that, we need to get back to Ohio to pick my dog back up (shit, that reminds me, I need to ask my sister to watch her). That brings us back to Cleveland on the 28th of March. THEN, we will need to head back south. Our flight is out of Miami! We will probably stop in Raleigh over night to get the last few things before we’re kicked out the 31st. After spending a week with my dad at his girlfriends house in Central Florida we will need catch a train to Miami where we will (hopefully) get a couchsurfing host to have us for a couple nights before our flight to Brazil on the 12th of April!!

Which reminds me, I hope my dad will let me leave my car at his place in Florida. I really don’t know what the fuck to do with it. Shiiiiit. lol se fudeu!

Clearly, we’re crazy. Man to be honest I didn’t realize how nuts all of this will be until I sat down to write it all. But I embrace the insanity!! Bring on Brazil!! More on our plans once I have more time (and once we know what they are hahaha).

Until then, peace and love always to my people of the blogosphere and elsewhere!

Eric

Viagens

January 22, 2017 § Leave a comment

Oi gente, acabei de voltar do México umas semanas atrás.México foi lindo, e amei a ilha do Cozumel. Quando voltei começar trabalhando imediatamente. É claro, trabalho é uma merda mas eu sempre penso em saindo dos estados unidos para o Brasil. Eu vou para o consulado do Brasil um umas dias e vou pegar meu visto brasiliero.

Já comprei minha bilhete pra a minha vôo para o Brasil. Eu vou viajar em Abril. Quando nós chegamos no Brasil vamos morar na casa das pais da Larissa. Estou animado viajar dentro do Brasil (Não certeza se posso usar a palavra “dentro” aqui, mas você vai entender). Primeiro nós vamos viajar o nordeste do Brasil. Então vamos viajar visitar a familia da Larissa no Sul do Brasil (São Paulo, Santa Catarina, Matto Gross do Sul, Rio Grande do Sul, etc). Gostariamos estar no Nordeste do Brasil durante Carnaval. Larissa me disse que Pernambuco tem o melhor Carnaval no mundo.

Depois disso vamos viajar para o resto da América de Sul. Queremos visitar Argentina, Uraguay, Paraguay, Chile, Peru, e talvez Colombia. Provavelmente nós pegar o onibus pra maioria da America do Sul. Tem uma possibilidade que nós vamos pegar aviões em aluns país mais perigosos.

Tenho certeza que nós vamos morar no Brasil, estar no Pernambuco para Carnaval, e viajamos para Argentina. Especificamente a região da Argentina chama Patagonia. Encontrei uma mulher no site “workaway” que precisa dois pessoas a ajudar cuidar a gatas dela e a casa dela.

Ainda estou pagando para aulas de português uma vez por semana. Espero que meu português está melhorando. Eu assistia videos em português porque precisco melhorar minha capacidade entender quando falantes de português estão falando comigo.

Por favor me avise se você tem qualquer dicas ou comentes sobre meu português ou minha viagem para o Brasil. Tchau!

 

Boa Viagem!

December 21, 2016 § Leave a comment

A gente vai viajar para Florida amanhã. Depois Florida a genta vai viajar ao México. Nós vamos dirigir oito horas até Florida. Quando chegamos em Florida nós vamos ficar com meu pai em a casa dele. Ele mora em Ocala, uma cidade no centro do estado. Por que ele decidiu morar em Florida mas não perto da litoral? Não sei. Os homems na minha familia não é muito inteligente. Eu amo meu pai, mas as vezes eu pergunto as escolhas dele. Nós vamos ficar lá para umas noites. Tambem, nós vamos acampar na paque nacional perto da casa dele. Eu acho nós vamos fumar maconha e nadar nas fontes naturais lá. Todas as sites eu vi que descreve as fontes perto da casa dele mostra agua azul e muito claro. As fontes quentes traz manatees (eu tento traduzir esse….“peixes-boi”? kkkk, soa estranho, talvez náo é certo). Se nós somos com sorte, a gente vai nadar com essas animais estranhas! Que legal! Buscar para “Ocala national Forest” ver o que eu estou falando sobre!

Na dia da Natal a gente vai viajar ao México. Nós chegaremos em Cancún primeiro, então nós vamos visitar Chichen itza. Ficaremos na cidade de Piste, Yucatan. Depois Piste a gente vai ficar nas cidades de Playa del Carmen e Cozumel. Eu vou postar uns fotos do nossa viagem aqui quando chegamos em Carolina do Norte.

The Sad Reality Of Politics

December 12, 2016 § Leave a comment

The recent news about the alleged Russian hack of the American presidential election is being talked about endlessly in the press. Right now, there seems to be a pretty clear divide between two parties. First, people who are questioning the validity of “journalism” which is based upon information provided by anonymous CIA sources. And a second group, which is using the news to justify what they already wanted to be true. Namely, that the Russians were the reason Hillary Clinton lost the white house.

But if we take a step back and look at the big picture some obvious and sad realities become clear. In particular, the American people are retarded. Regardless of which of the two aforementioned camps one falls into there is an implicit assumption that the American people could be, and possibly were, duped into choosing their next president.

There’s really no positive way of looking at this election in that sense. Because every possibility makes the American people look like a grumbling herd of cattle unaware of what’s happening in their own god damn country.

Regardless of whether the leaked documents were “hacked” by Russian agents or not, the fact remains that they changed the outcome of the election and certainly helped give Donald Trump the presidency. Forget the fact that the people of the United States chose to vote for a reality TV star because they were given (potentially) strategic information which was (allegedly) disseminated in order to sway the outcome of the election. The most important fact is that American people not only didn’t know basic facts about how incredibly rigged their political system is, but went running for the first charlatan that they could once they were presented with inconvenient information.

And this process repeats itself again and again, in nation after nation. The idea that, if indeed the Russians did hack the election, it was done as a retaliation for Clinton’s long history of meddling in Russian affairs, is incredibly believable. It’s damn near obvious. Even if we eventually discover that the Russian’s did release documents to affect the outcome of the American presidential elections it only highlights the sad reality that the common people as a whole are stupid, tribal, and impressionable.

Fuck.

 

Sobre Larissa: O amor da minha vida

December 8, 2016 § Leave a comment

Estou ainda tentando melhorar meu português toda dia. Acho que ecrevendo tinha me ajudado, então eu vou continuar escrevendo. Antes de agora eu só falava sobre indo ao Brasil. E  é claro que amo Brasil, e estou ainda ansioso ir para o Brasil. Mas talvez estaria mais interessante escrever sobre agluma coisa outra?

Eu vou falar sobre alguém amo muito: Larissa. Eu vou dizer umas coisas que eu amo sobre ela. Esperançosamente esse vai melhorar meu português mas tambem me deixa falar sobre umas das minhas coisas favoritas.

Primeiro: A bunda dela. Não, bunda não é suficiente. Ela tem uma bundão. Eu gosto do jeito move quando ela caminha. E quando ela usa seu bikini…aii gatinha! Eu quero chupar a buceta dela e a bunda dela! Eu amo os bikinis das brasilieras, mas eu amo bikini dela mais que outros. Por que? Porque eu sei o que é dentro. Que me lembra de alguma coisa outra que eu amo sobre ela:

A buceta dela. É muito apertado, e parece perfeito. Ela tem o que chamamos em inglês uma “fat pussy”. É perfeito para fodendo, especialmente “hard fucking”. É claro meu conhecimento de sexual slang em português não é bom. kkkk

Último, a comida dela. Somos vegetarianos e ela pode cozinhar muito bem. Quando ela faz arroz…uau. Eu não posso fazer arroz como o arroz dela. Umas das coisas melhores na vida é fodendo Larissa e comendo a comida dela depois. Meu deus, que gostoso!

É claro que meu português não é bom, mas eu gosto de aprendendo. Tambem, eu amo culutura brasiliera e o idioma de português. Eu sei que sou louco. Esse não é informação novo para mim. Mas as vezes acho que a idioma de português aparece expressar meus pensamentos e (especialmente) meus sentimentos mais precisamente que inglês. Se eu sente como esse antes de estudando só tres ou quatro meses, estou ansioso ver como eu vou sentir em um ano ou cinco anos. Muitas coisas pode mudar, mas eu sei que eu tenho encontrado uma mulher e um idioma que eu amo. Vida é boa.

Stoned in Paradise

November 28, 2016 § Leave a comment

[This was something I typed up last night after smoking a number.]

I just took a couple bong rips of this Northern Lights I picked up the other day and I’m genuinely convinced that the importance of marijuana on the creative portions of the brain is one of the most spectacular and beautiful things any human can witness on this earth.

My AP English teacher always told me I was a sucker for run-on sentences.

I feel relaxed. The high was late to hit me but it began to take full effect nearly 10-20 minutes after I finished my initial rips. It was at this point that I was hit with an overwhelming need to speak to someone. So I chose my poor dog, who had been exposed to the stray smoke that littered my living room.

Crap I just got distracted for like ten minutes and I totally forgot what I was going to say.

To be honest the high has that great “sharply focused while stoned” vibe and I love it! I feel stoned as balls but I’m completely comfortable sitting down and typing a very in depth review of the product. The distraction above was only a result of being on my laptop, with the internet, and a propensity to focus or hone in on specific things for long periods of time.

My overwhelming need to speak has now been replaced by an overwhelming desire to type at length with my mouth sealed shut. I would really like an Applebee’s cheeseburger right now. Which is strange, because I’m both a vegetarian and a staunch opponent of mass produced, corny chain restaurants.

O Futuro e Brasil

November 28, 2016 § Leave a comment

Esse é uma tentativa mostrar quantos meu português melhorou e meus planos para o futuro. Eu vou falar sobre que eu e minha namorada querermos fazer entre agora e março de 2017.

Primeiro, a gente vai viajar ao Mexico em dezembro. Vamos ficar em Cancún, Playa del Carmen, Cozumel, e perto das ruíns de Chichen Itza. Vamos passar muito tempo na praia estando bums (com liçenca para a inglês kkkk). Mas tambem vamos querer explorar Chichen Itza e outros locals perto das ruíns. Eu quis to hike mas aparentemente a floresta no estado de Yucatan é tão denso que vamos precisar ficar na ruíns…MAS….eu sei nós e eu estaria muito superso se vamos não explorar.

Então…o futuro é muito maís interessante. Quando março virá eu vou estar um pouco ansioso. A gente vai ir ao Brasil logo e a realidade dessa situação estará evidente. Morando num país novo estará alguma coisa completamente differente por mim. Currentamente eu moro longe de onde eu cresci. Mas eu ainda moro no mesmo país. Um país novo terá uma cultura nova, uma idioma nova, uma comida nova, etc. Meu português é melhorando muito, mas eu sei que não é forte suficiente falar com outras pessoas sobre qualquer coisa. É maís facíl para mim escrever que falar (e eu sei que meu escrevando não é perfeito!) Mas esse é meu mes quinto de estudando, então eu esperando que eu posso falar bem por março.

Outra coisa, minha personalidade é muito uníco e eu sou uma pessoa estranha. Não posso mostrar como differente sou, que é muito frustrante. Espero que eu conseguiria melhorar suficiente mostrar quem eu verdadeirdamente sou.

[Rapidamente… sobre a palavra verdadeirdamente. Que porra é isso? Em inglês temos “truth”e “truly”. Em português há “verdade”e…..“verdadeirdamente”. Caralho! Português é muito lindo mas umas palavras são tão loucas!]

Nós vamos morar em a estado of Pernambuco no Brasil. É no Nordeste do Brasil que é muito calor, especialmente porque agora mesmo é inverão aqui em Carolina do Norte e é 1 grau kkkk. Está frio pra caralho! Nós vamos morar na casa das pais dela. A casa deles é só quinto minutos da praia. É vai estar muito maís perigoso que onde moramos agora, mas tambem muito maís lindo. Porque eu apereço como um gringo (olhos azules, barba grande, etc) eu provavalmente estar uma victima de violência aí. Mas eu sou de Cleveland, que é quase tão perigoso quanto Brasil. Eu gosto dum pouco perigoso.

Beleza gente, até mais tarde!